Segundo dia de greve conta com 98 das 99 escolas

Desde às 7 horas desta sexta-feira, servidores e servidoras se concentraram no Dmae da Princesa Isabel. Um abraço coletivo no departamento reafirmou a luta em defesa do Dmae e contra sua privatização.

Mesmo com muita chuva, milhares de pessoas se dirigiram até o Hospital de Pronto Socorro(HPS) e ao Hospital Materno Infantil Presidente Vargas(HMIPV). Ambas as instituições de saúde são foco da luta dos trabalhadores pela valorização do serviço público. O HPS está com seus quadros funcionais reduzidos, como também há a possibilidade de passar sua administração para a União. O HMIPV, que também sofre com o processo de precarização da rede pública de saúde, corre o risco de ter sua gestão via parceria público-privada (PPP).

Ao longo do trajeto, dezenas de outros/as manifestantes foram se somando à caminhada e a população demonstrava, nas janelas e nas ruas, o apoio à resistência da categoria. O ato terminou em frente à prefeitura, com falas da direção da Atempa e representantes da categoria, destacando a importância da luta em defesa da educação pública e de Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *