História

A Associação dos Trabalhadores/as em Educação do Município de Porto Alegre (Atempa) é sucessora da Associação dos Professores Municipais de Porto Alegre (Apmpa), fundada em 29 de agosto de 1964.Na época, as principais atividades definidas para a entidade foram congregar o magistério municipal,  representar a categoria perante as autoridades públicas, promover  seminários e congressos, tendo em vista as lutas da classe.

No dia 31/03/1992, através de Assembléia Geral, foi aprovada uma alteração estatutária que transformou a APMPA  em Atempa, somando os trabalhadores/as das secretarias de educação e esporte do município à associação.

A ATEMPA  tem sido protagonista, ao longo de sua existência, de lutas específicas para os trabalhadores em educação como o plano de carreira do magistério transformado na Lei Municipal 6151/88   e na elaboração do Projeto de Lei do Plano de Carreira dos Servidores da SMED, que ainda aguarda iniciativa do Executivo Municipal para o envio à Câmara de Vereadores. Tem também sido articuladora, junto ao Sindicato dos/as Municipários/as de Porto Alegre (Simpa), na defesa dos direitos dos/asmunicipários/as como a luta pela implantação do Vale-Sindicato dos Municipários de Porto Alegre, luta da Bimestralidade e nas negociações da data-base da categoria. Ao longo da sua história, a Atempa participou ativamente da discussão das políticas educacionais, protagonizando, juntamente com a comunidade escolar, a implementação da Gestão Democrática. Noano de 2017,a nossa resistência iniciou cedo: no dia 09/02, quando a Smed anunciouo decreto que reduz o tempo de aula dos/as alunos/as. Desde então, fizemos diversos piquetes na Smed, foram 5 Assembleias da Educação, 7 CRs, a realização de um Seminário de Educação, atos, plenárias e muita construção coletiva com a comunidade escolar!